As crianças interagem constantemente com novos ambientes. Elas descobrem meios para explorá-los e aprender novas informações. Sendo assim, há uma gama de transformações que ocorrem de forma acelerada. Concomitantemente, há um grande investimento de expectativas e, muitas vezes, a depender de diversas variáveis, apresentam dificuldades em atendê-las. Somados a estes fatores pode, também, haver queixas comportamentais que precisam ser analisadas.

A psicoterapia infantil também tem como objetivo auxiliar a criança, os pais e cuidadores em aspectos desenvolvimentais e trabalhar para que encontrem meios para se relacionar com ela e com os acontecimentos que envolvem seu cotidiano.

Adolescência é um período de transição entre a infância e a vida adulta. É marcada por um processo de construção da identidade e de maturidade crescente que envolve modificações no âmbito físico, social, emocional e cognitivo. Devido às diversas alterações em seu cotidiano, é comum haver conflitos. Sendo assim, muitos desenvolvem crises de ansiedade, transtornos alimentares, emitem comportamentos agressivos e passam a refletir sobre a imagem corporal, rompimentos, sexualidade, escolhas profissionais entre outras questões. No atendimento, o psicólogo interage com o paciente e desenvolve estratégias para que ressignifique suas experiências de modo que gerencie os seus conflitos de forma saudável.

A vida adulta é marcada por períodos de busca à estabilidade. O indivíduo, repleto de desafios e responsabilidades, passa a refletir sobre questões profissionais, afetivas, familiares e caminha em busca de mais segurança. Algumas dificuldades e conflitos podem surgir neste processo, levando-o ao sofrimento o que impacta significamente nos diversos campos de sua vida. A Psicoterapia, portanto, o auxiliará na tomada consciência e elaboração dos fatores que lhe impede de selecionar escolhas assertivas que lhe produza importantes mudanças no seu cotidiano de modo que tenha mais qualidade de vida e apresente melhor desempenho em suas atividades.

Como as outras fases, a terceira idade faz parte do desenvolvimento humano, sendo assim, tem características particulares que são vivenciadas de forma única por cada sujeito. Observa-se que é nesta etapa que a pessoa tende a analisar as consequências das escolhas que fez ao longo de sua história de vida. Sendo assim, as intervenções ocorrem a fim de promover reflexões a respeito das limitações naturais, processo de luto, relacionamento familiar, adaptação ou reabilitação mediante a uma doença, entre outros. Ressalta-se que o objetivo do processo terapêutico é promover, sobretudo, a qualidade de vida do sujeito.

Entre em contato

Rua Doutor Baeta Neves, 320 - Centro

São Bernardo do Campo - SP

Tel: (11) 9 9660-5393 / (11) 9 8931-1852

  • Preto Ícone Instagram
contactus.png